Dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes

Esclarecemos as principais dúvidas que ocorrem quando o assunto é Terapia Floral.

As essências florais tratam apenas das emoções em desequilíbrio. Mas, as conexões entre o corpo e alma são indiscutíveis. Muitas vezes, por trás de uma doença física podem estar o MEDO, a AMARGURA, o DESÂNIMO, a INSEGURANÇA e tantas outras dificuldades emocionais sem que possam ser identificadas. Através da TERAPIA FLORAL, esses sentimentos negativos e bloqueios emocionais podem ser dissolvidos de maneira natural, suave e gradativa, restabelecendo o equilíbrio. Dessa maneira, as forças de autocura do corpo podem se expandir mais livremente e é dada ao individuo a possibilidade de atuar no mundo com todo o seu potencial.

Os preparados com a combinação de essências florais se apresentam em um frasco de vidro, cor de âmbar, com capacidade para 30 ml, conta gotas, conhaque a 30%, água mineral sem gás ou água fervida, com duas gotas do frasco de estoque de cada um dos florais escolhidos. O conhaque é para conservar a água e para ter um certo gosto. As farmácias de manipulação colocam um prazo de validade, mais para efeito médico, porque as essências não se perdem. Caso o frasco fungue ou a água fique turva, jogue-a nas plantas diluída na água. Ou coloque em banho de imersão. O tempo de conservação das essências é indefinido, mas se quiser que a água dure mais, solicite o uso do conhaque ou vinagre de maçã ao aviar a receita.

As essências poderão ser preparadas sem álcool. O frasco deverá então ser conservado em geladeira. Ou então utilizar o método do copo d’água – colocar as gotas num copo com água e tomar assim as vezes correspondentes no dia. Assim o pouco de álcool que ainda resta ficará tão diluído que desaparecerá.

As combinações de essências florais podem ser ingeridas diretamente do frasco, através do conta-gotas; podem ser diluídas num copo d’água, ou na água de banho; pingadas no chá, suco ou leite, no caso de crianças; diluídos em uma solução de água e álcool e borrifados nos ambientes; pingados e friccionados nos pulsos e têmporas; pingados na água de beber para os animais, ou na água de rega para as plantas. Os florais podem ser ingeridos sem nenhum problema por pessoas de todas as idades. Não há risco de overdose. Nunca se observou efeito colateral, mesmo no caso de uma escolha inadequada de florais. O seu efeito não é afetado pela ingestão simultânea de outros medicamentos e nem os afetam, sejam eles alopáticos ou homeopáticos. Essências florais não são medicamentos, portanto não substituem o papel do médico.

O principal objetivo da TERAPIA FLORAL é que a pessoa alcance uma compreensão mais profunda das causas emocionais da sua doença, percebendo que ela traz em si possibilidades positivas de desenvolvimento. Que não apenas se liberte de um sintoma indesejável, mas aproveite para desenvolver sua consciência e sua personalidade. Embora os estados físicos estejam presentes, não são considerados no diagnóstico. O foco é para como a pessoa está reagindo emocionalmente a sua doença, caso ela esteja presente. Sob este prisma, as essências florais são gotas para a alma que ajudam a prevenir doenças e garantir a saúde, ao resgatar a paz interior.

No decorrer da terapia, com o tempo, a pessoa ficará conhecendo tão bem o seu próprio perfil emocional que será capaz de, em futuras situações agudas de crise, de cuidar de si mesma, sem precisar recorrer ao terapeuta. Não há e nem deve haver, qualquer dependência, tanto em relação às essências quanto em relação ao terapeuta.

<p align=”justify”>A TERAPIA FLORAL pode ser indicada para pessoas de todas as idades, desde bebes até idosos; para grupos de pessoas; para animais, plantas e para harmonizar ambientes.</p>

Vale a pena tentar a TERAPIA FLORAL quando os problemas emocionais estão claramente relacionados com uma situação imprevista e decisiva de mudança de vida – por exemplo, a DEMISSÃO DO EMPREGO, uma CRISE CONJUGAL, a REPROVAÇÃO DE ANO NA ESCOLA, a MORTE DE UM ENTE QUERIDO, O CUIDADO COM UM PARENTE GRAVEMENTE ENFERMO, entre outras. Ela permite uma harmonização no estado geral da pessoa e a ajuda a lidar construtivamente com a situação. Também quando os sintomas psíquicos estão em primeiro plano, mas o paciente não necessita, a primeira vista, de tratamento psicoterapêutico ou psiquiátrico, como por exemplo, em relação as perturbações emocionais ligadas a ADOLESCÊNCIA, a CRISE DE MEIA-IDADE e a MENOPAUSA; sintomas de SOLIDÃO em pessoas idosas; MEDOS E FOBIAS alimentados pela mídia (como medo de câncer ou aids). Quando há DISTÚRBIOS DE SONO provocados por múltiplos fatores. Se pertinente, será indicado o acompanhamento medicamentoso através de um profissional qualificado para tal. O sucesso obtido nesse momento muitas vezes leva a pessoa a empreender um tratamento com a TERAPIA FLORAL a longo prazo, que é a maneira mais adequada de lidar com os estados emocionais negativos crônicos e com o desenvolvimento da personalidade.

Não existe uma regra, pois cada terapeuta tem uma maneira individual de trabalhar. A há ainda o aspecto do cliente, que pode ser mais ou menos expressivo ou colaborar mais ou menos com o terapeuta.

Depende dos problemas envolvidos, da idade e do caráter da pessoa submetida ao tratamento. Em condições agudas, como por exemplo, um trauma provocado por uma perda importante, ou o medo de uma mudança, as essências florais ajudarão em poucas horas ou dias, especialmente as pessoas mais jovens. Em geral, se o tratamento se antecipar, antes que o problema se aprofunde, logo fará efeito. Quanto mais tempo se levar para iniciar o tratamento, mais tempo será necessário para que ocorram as mudanças positivas. Visto que este tratamento atua por camadas, desde as mais superficiais, até as mais profundas, é comum acontecer que ao se tomar uma fórmula, esta faz efeito e alguns estados emocionais desaparecem e surgem outros, que estavam ocultos. Algumas pessoas, principalmente aquelas que tomam os florais para o desenvolvimento pessoal, podem faze-lo a intervalos, durante anos. Enfatizamos a necessidade de voltar periodicamente ao terapeuta para ir alterando a formula conforme os resultados obtidos.

Podem acontecer, eventualmente, algumas crises de tomada de consciência – que podem se traduzir como uma leve intensificação dos sentimentos e experiências negativas durante um curto período, seguido por uma mudança positiva. Caso isso ocorra, entre em contato com o terapeuta para que ele possa tranqüiliza-lo e alterar a dosagem caso seja necessário.

A suspensão dos florais não provoca nenhuma reação, sintoma de abstinência, carência ou descompensação, como acontece com alguns remédios químicos.

O que é ingerido ao se tomar as gotinhas das essências florais é apenas o conteúdo energético (sutil) das flores, transferido para a água pura através do sol, conservado em brandy (conhaque de uva). E embora haja evidências positivas consistentes, obtidas em clinicas através do mundo todo, não existe um modelo satisfatório que explique seu modo de ação segundo os moldes da metodologia cientifica em prática atualmente. O que não quer dizer que em futuro próximo isso não seja possível. Ou ainda, que não exista uma outra maneira de ver e explicar as coisas deste mundo além da maneira científica.

– Não se acanhe em perguntar ao próprio terapeuta a sua formação e experiência. O fato de ele estar ligado ou não a alguma entidade ou associação profissional não o qualifica, pois depende dos critérios utilizados por essas associações para aceitar o profissional. – Evite os terapeutas que usam muitos sistemas florais diferentes, e/ou utilizam muitos tipos de terapias simultaneamente. Dificilmente um bom profissional consegue conhecer em profundidade mais de dois ou quatro sistemas florais, assim como aplicar com propriedade diferentes terapias complementares. – Desconfie dos terapeutas que insistam em convencer você a abandonar algum tratamento médico que esteja seguindo. Muitas vezes o acompanhamento médico é indicado e bem vindo. A TERAPIA FLORAL, assim como toda terapia complementar e mesmo as usuais e comprovadas cientificamente, tem as suas indicações e seus limites. Em resumo, use o seu bom senso e a sua intuição.

2357880434_e8c76f147a

Como os florais atuam?

Saiba como a terapia com florais funciona e como ela pode te ajudar.

Star belem

Dúvidas frequentes

Esclarecemos as principais dúvidas que ocorrem quando o assunto é florais.

Consultórios

Email: contato@floraisonline.com.br

Rua: Silvia, 383 (Metrô Trianon-MASP)
São Paulo
Tel. (11) 3262-1447

Rua: Bertioga, 46 (Metrô Praça da Árvore)
Saúde – São Paulo
Tel. (11) 5583-3374/5589-3358